Skate brasileiro vai com 12 representantes para as quartas de final do Mundial de Street


Marina Gabriela - Crédito: Julio Detefon Publicada em: 19/09/2019

O skate do Brasil passou pelas classificatórias globais do World Skate Street League Skateboarding World Championship com cinco atletas garantindo vaga para as quartas de final – serão 12 brasileiros no total. Marina Gabriela, Ariadne Souza, Karen Feitosa e Isabelle Menezes e Lucas Rabelo avançaram nas disputas desta quinta (19), no Parque do Anhembi.

“Acertei todas as minhas manobras. Acabei ficando um pouco nervosa, mas consegui fazer o que eu queria”, afirma Marina Gabriela, brasileira mais bem colocada, com o 5º lugar. 

“Minha primeira vez competindo no Street League, no global, e consegui me classificar para as quartas. Agora é só focar e fazer o que eu sei fazer de melhor. Valeu pela torcida de todo mundo”, completa Ariadne Souza.

No feminino, as quatro se juntam a Virginia Fortes Águas (9ª do ranking mundial), Gabriela Mazetto (15ª) e Isabelly Ávila (16ª), que já estavam entre as pré-classificadas para as disputas desta sexta (20), a partir das 11h, no Parque do Anhembi, em São Paulo.

No masculino, Lucas Rabelo se junta a Giovanni Vianna (11º do ranking mundial), Felipe Gustavo (13º), Carlos Ribeiro (14º) e Ivan Monteiro (18º), que já tinham vaga assegurada para as disputas de sexta, com início previsto para as 17h30.

Pamela Rosa (1ª do ranking mundial), Rayssa Leal (2ª) e Leticia Bufoni (3ª) e Kelvin Hoefler (4º) têm lugar assegurado na semifinal, sábado (21), por estarem entre os quatro melhores do ranking mundial.

Classificatórias feminino
Das cinco brasileiras que entraram nas disputas, quatro seguem na competição. Marina Gabriela foi a mais bem colocada, avançando com a 5ª posição. Ariadne Souza ficou com o 10º lugar, seguida de Karen Feitosa (12ª) e Isabelle Menezes (15ª).

Jessica Hoefler (36ª) também esteve nas disputas desta quinta, mas não conseguiu avançar entre as 21 melhores.

Classificatórias masculino
Lucas Rabelo (20º) foi o único brasileiro que avançou nas classificatórias globais. Além dele, Tiago Lemos (36º), Luan de Oliveira (43º), Mike Dias (44º), Patrik Mazzuchini (58º), Rodil Ferrugem (60º), Danilo do Rosario (75º), Silas Ribeiro (82º), Lucas Alves (85º), Rogerio Febem (90º) e Lehi Leite (95º) não conseguiram passar entre 21 mais bem colocados. 

Lucas Xaparral, com uma forte amidalite, não pôde competir.

Comissão técnica da CBSk
Entre os intregrantes da comissão técnica da CBSk, Rogério Mancha, consultor técnico, Carlos Barreto e Alison Paz, fisioterapeutas, Maurício Zenaide, médico, Juliane Fechio, psicóloga, e Julio Detefon, coordenador técnico, reforçam o apoio para todos os skatistas do Brasil presentes no evento.

Brasil nos Jogos de Tóquio 2020
Pelos critérios estabelecidos para as Olimpíadas, o Brasil poderá contar com até 12 atletas no total em Tóquio - três no Park Feminino, três no Park Masculino, três no Street Feminino e três no Street Masculino.

A participação desse número limite dependerá do desempenho dos brasileiros ao longo das duas janelas classificatórias estabelecidas pela World Skate para a corrida olímpica. A primeira delas vai até 22 de setembro de 2019 – data de encerramento do WS SLS World Championship – e o segundo ciclo acontece de 23 de setembro de 2019 a 31 de maio de 2020.

Cronograma de disputas
Sexta-feira (20)
11h às 14h30 – Quartas de final – feminino
17h30 às 21h – Quartas de final – masculino

Sábado (21)
15h às 17h30 – Semifinal – feminino
18h30 às 21h – Semifinal – masculino

Domingo (22)
14h às 15h30 – Final – feminino
16h30 às 18h – Final – masculino


Ariadne Souza - Crédito: Julio Detefon Isabelle Menezes - Crédito: Julio Detefon Karen Feitosa - Crédito: Julio Detefon Lucas Rabelo - Crédito: Julio Detefon


apoios