Rayssa Leal é campeã da SLS Salt Lake City (EUA) e Rony Gomes fica com 3º lugar no Tony Hawk’s Vert Alert


Rayssa Leal - Divulgação SLS Publicada em: 28/08/2021

Com título e terceiro lugar, Rayssa Leal (Street) e Rony Gomes (Vertical) colocaram o skate brasileiro no pódio da Street League Skateboarding (SLS) e do Tony Hawk’s Vert Alert, respectivamente, neste sábado (28), em Salt Lake City, Utah (EUA). Pâmela Rosa (4ª), Kelvin Hoefler (4º), Felipe Gustavo (5º) e Filipe Mota (7º) também representaram o skate nacional nas finais da SLS.

Confira um resumo dos eventos!

Street League
O segundo título na Street League Skateboarding de Rayssa saiu na última manobra da final. Rayssa somou a maior nota do skate feminino no evento (8.5) e com ela passou da terceira para a primeira colocação. A competição foi a primeira da brasileira após a prata nas Olimpíadas de Tóquio.

A japonesa Funa Nakayama ficou com o 2º lugar, somando 20.7 pontos, e a holandesa Roos Zwetsloot ficou com a 3ª posição, com 19.6.

Pâmela Rosa somou 16.4 pontos, deixando o skate nacional com duas representantes entre as quatros melhores da competição.

No masculino, Kelvin Hoefler fechou o evento na 4ª posição, com 23.6 pontos. Felipe Gustavo totalizou 14.2 pontos, ficando com o 5º lugar, e Filipe Mota somou 5.2, fechando o evento na 7ª posição.

Classificatórias
Nas classificatórias, que rolaram sexta, Rayssa Leal (2ª - 17,7 pontos) e Pâmela Rosa (5ª - 13.4) ficaram com a 2ª e a 5ª posição, respectivamente, avançando para a final entre as 8 melhores.

Leticia Bufoni terminou na 10ª posição, com 10,1 pontos, e Marina Gabriela foi a 11ª, com 7,6.

No masculino, Kelvin Hoefler (4º - 24,5 pontos), Felipe Gustavo (5º - 23.2) e Filipe Mota (8º - 21.5) garantiram lugar entre os 8 melhores e seguiram para a decisão.

Lucas Rabelo (14º - 19.8), Carlos Ribeiro (15º - 19.0) e Luan Oliveira (16º - 18.6) também representaram o skate brasileiro.

Formato
Nas classificatórias, a competição teve como formato 1 volta de 45 segundos e 4 tentativas de manobra. A pontuação final de cada skatista foi composta pela somatória das 3 maiores notas.

Nas finais, após a volta e as 4 tentativas de manobra, as quatro primeiras colocadas ainda tiveram mais 2 tentativas de manobra. A pontuação final ainda foi composta pelas 3 melhores notas.

Confira a classificação final da SLS Salt Lake City!
Feminino
1ª - Rayssa Leal (BRA) - 21.0
2ª - Funa Nakayama (JAP) - 20.7
3ª - Roos Zwetsloot (HOL) - 19.6
4ª - Pâmela Rosa (BRA) - 16.4
5ª - Keet Oldenbeuving (HOL) - 12.5
6ª - Mariah Duran (EUA) - 12.3
7ª - Momiji Nishiya (JAP) - 10.6
8ª - Candy Jacobs (HOL) - 6.9

Masculino
1ª - Gustavo Ribeiro (POR) - 27.6
2ª - Nyjah Huston (EUA) - 27.2
3ª - Alex Midler (EUA) - 25.4
4ª - Kelvin Hoefler (BRA) - 23.6
5ª - Felipe Gustavo (BRA) - 14.2
6ª - Jamie Foy (EUA) - 7.4
7ª - Filipe Mota (BRA) - 5.2
8ª - Chris Joslin (EUA) - 1.1

Tony Hawk´s Vert Alert
Além do 3º lugar de Rony Gomes, o francês Edouard Damestoy, campeão, e o norte-americano Jimmy Wilkins, na 2ª posição, fecharam o pódio.

No feminino, o pódio foi formado pela britânica Sky Brown (1ª), pela norte-americana Bryce Wettstein (2ª) e pela japonesa Kihana Ogawa (3ª).

Jimmy Wilkins e Sky Brown ainda levaram o título da categoria Best Trick.

Bob Burnquist, Sandro Dias e Lincoln Ueda também representaram o skate nacional nas apresentações que rolaram na sexta (27) com mais algumas lendas do skate mundial. Nomes como Tony Hawk, Christian Hosoi, Steve Caballero, entre outros.


Funa Nakayama, Rayssa Leal e Roos Zwetsloot - Divulgação SLS Felipe Gustavo, Rayssa Leal e Leticia Bufoni - Divulgação SLS Rayssa Leal - Divulgação SLS Rayssa Leal - Divulgação SLS Pâmela Rosa - Divulgação SLS Kelvin Hoefler - Divulgação SLS Felipe Gustavo - Divulgação SLS Filipe Mota - Divulgação SLS Nyjah Huston, Gustavo Ribeiro e Alex Midler - Divulgação SLS Rony Gomes - Divulgação Instagram Rony Gomes Rony Gomes, Edouard Damestoy e Jimmy Wilkins - Divulgação Instagram Rony Gomes


apoios