Mundial de Street tem dobradinha brasileira com Pamela Rosa campeã e Rayssa Leal em 2º lugar


Rayssa Leal e Pamela Rosa - Crédito: Julio Detefon Publicada em: 22/09/2019

Mais um domingo histórico para o skate brasileiro com dobradinha no pódio do World Skate Street League Skateboarding World Championship! Pamela Rosa se sagrou campeã mundial na competição mais importante da primeira janela da corrida olímpica para Tóquio 2020. Rayssa Leal ficou com a segunda posição em uma final no Parque do Anhembi, em São Paulo, que ainda teve Gabriela Mazetto como a sexta melhor do mundo. Na final masculina, Kelvin Hoefler ficou muito perto do pódio, finalizando na quarta posição.

Assim como já havia acontecido no sábado, o público presente empurrou as brasileiras em cada uma das duas voltas de 45 segundos e nas cinco tentativas de manobra que compõem a bateria. A pontuação final de cada skatista é formada pelas quatro melhores notas desse total de sete apresentações.

A dupla do Brasil disputou a liderança até a última tentativa. Rayssa Leal, que fechou a sequência, não acertou a manobra, mas levantou correndo para comemorar com Pamela Rosa a dupla conquista do skate brasileiro.

"Estou muito feliz. Consegui o título tão esperado aqui no Brasil, em São Paulo. Essa torcida maravilhosa. Só tenho a agradecer a todos pelo carinho", comemora a campeã Pamela Rosa.

"Foi muito importante pra mim. Foi minha primeira final (de Street League). Estava muito empolgada, muito focada. A torcida brasileira sempre dá uma energia melhor. Só tenho a agradecer a todos", completa Gabriela Mazeto.

No feminino, a japonesa Aori Nishimura fechou o pódio, na terceira posição.

No masculino, em uma final acirrada, menos de um ponto de diferença separou o primeiro colocado, o norte-americano Nyjah Houston (36.9 pontos), do quarto, Kelvin Hoefler (36). Empurrado pela torcida, o brasileiro se manteve na briga pelas primeiras posições até a quinta e última tentativa de manobra.

O japonês Yuto Horigome (36.6) e o português Gustavo Ribeiro (36.2), na segunda e na terceira colocação, completaram o pódio.

Confira a classificação completa das finais!

Feminino
1ª - Pamela Rosa (BRA) - 25.2 pontos
2ª - Rayssa Leal (BRA) - 24.3
3ª - Aori Nishimura (JAP) - 21.6
4ª - Candy Jacobs (HOL) - 16.2
5ª - Mariah Duran (EUA) - 15.5
6ª - Gabriela Mazetto (BRA) - 14.9
7ª - Alexis Sablone (EUA) - 9.6
8ª - Yumeka Oda (JAP) - 8.7

Masculino
1º - Nyjah Houston (EUA) - 36.9 pontos
2º - Yuto Horigome (JAP) - 36.6
3º - Gustavo Ribeiro (POR) - 36.2
4º - Kelvin Hoefler (BRA) - 36
5º - Jamie Foy (EUA) - 34.8
6º - Yukito Aoki (JAP) - 33.6
7º - Angelo Caro (PER) - 31.8
8º - Dashawn Jordan (EUA) - 23.4

Comissão técnica da CBSk
Entre os intregrantes da comissão técnica da CBSk, Rogério Mancha, consultor técnico, Carlos Barreto e Alison Paz, fisioterapeutas, Maurício Zenaide, médico, Juliane Fechio, psicóloga, e Julio Detefon, coordenador técnico, reforçaram o apoio para todos os skatistas do Brasil presentes no evento.

Brasil nos Jogos de Tóquio 2020 
Pelos critérios estabelecidos para as Olimpíadas, o Brasil poderá contar com até 12 atletas no total em Tóquio - três no Park Feminino, três no Park Masculino, três no Street Feminino e três no Street Masculino.

A participação desse número limite dependerá do desempenho dos brasileiros ao longo das duas janelas classificatórias estabelecidas pela World Skate para a corrida olímpica. A primeira delas vai até 22 de setembro de 2019 – data de encerramento do WS SLS World Championship – e o segundo ciclo acontece de 23 de setembro de 2019 a 31 de maio de 2020.




apoios