Competição mundial mais importante da história do Park acontece no Brasil valendo vaga para Tóquio 2020


Pedro Barros - Crédito: Julio Detefon Publicada em: 14/08/2019

Se o Brasil já ocupa as primeiras colocações do ranking mundial de skate há algum tempo, agora o país assume ainda mais o protagonismo da modalidade ao sediar o World Skate Park Skateboarding World Championships, que é o campeonato mais importante de Park em 2019, somando o maior número de pontos na corrida olímpica para os Jogos de Tóquio no ano que vem. No Parque Cândido Portinari, com entrada gratuita, o evento acontece de 9 a 15 de setembro para homens e mulheres.

"Trazer o Mundial para o Brasil reforça a relevância do Skate nacional e valoriza os atletas que vão competir em casa, no caminho para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Teremos uma competição de alto nível com os principais skatistas nacionais e estrangeiros na busca pela maior pontuação para o ranking olímpico. A Oi apoia o crescimento do skate brasileiro há mais de 10 anos, patrocinando eventos que fortalecem a cultura do esporte no país e acreditando em atletas como o Pedro Barros, que vem para o Mundial defender seu título nesta competição e buscar a sua vaga na delegação olímpica brasileira", afirma Bruno Cremona, gerente de Patrocínios e Eventos da Oi.

O campeonato é um marco para o skate mundial, para a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e para a Plataforma STU. Além do Mundial, ambas também são parceiras na realização do Oi STU Open, maior evento de skate e cultura urbana da América Latina, e do Oi STU Qualifying Series, o circuito brasileiro de skate, fomentando o calendário de competições nas modalidades olímpicas Park e Street. Todos os eventos com chancela e parceria da World Skate.

"Estamos extremamente honrados por sermos anfitriões do primeiro Campeonato Mundial de Skate classificatório para uma olimpíada. O ineditismo, representatividade e impacto dessa realização estarão marcados para sempre na história do skate mundial. Agradecemos a todos os parceiros, patrocinadores, ao Governador João Doria e ao Prefeito Bruno Covas por ajudarem a viabilizar essa inestimável conquista para São Paulo e para o skate brasileiro", declara Diogo Castelão, sócio da Rio de Negócios, idealizadora da Plataforma STU.

"São Paulo concentra uma das maiores comunidades de skatistas do mundo e é nosso dever apoiar um esporte democrático e aglutinador. Mostrar a evolução do skate no Brasil e no Estado de São Paulo nos enche de orgulho", disse João Doria, governador do Estado de São Paulo

"A cidade de São Paulo se orgulha de receber este evento, por sua vocação. Nós temos nove milhões de skatistas em todo o Brasil e mais de um milhão apenas aqui no município. Por isso também é importante não apenas criarmos a infraestrutura para a prática do esporte, mas também incentivar eventos como este, que colocam nossa cidade e o nosso estado em um roteiro mundial de skate", pontua o Prefeito Bruno Covas sobre a relevância do evento para a cidade. 

A competição espera receber até 200 atletas em busca do título mundial, que encerra a primeira janela olímpica para a modalidade e irá definir os atletas pré-classificados para a segunda janela que acontece até maio de 2020.

"Este Mundial é o último evento da primeira janela no caminho para Tóquio e nós estamos muito felizes que ele se realize em um dos principais países do mundo para o skate. Estamos confiantes de que o Brasil será o ponto de referência nos próximos anos para a cena do skate e que a cooperação entre a CBSk e a Plataforma STU será frutífera para o desenvolvimento do esporte", declara Sabatino Aracu, presidente da World Skate. 

"A realização do Mundial no Brasil não é apenas uma conquista de gestão esportiva no âmbito estrutural. E graças ao reconhecimento que a World Skate tem no trabalho da Confederação Brasileira de Skate que estamos conseguindo isso. É muito importante proporcionar aos skatistas um ambiente com o calor da torcida brasileira na competição mais importante de Park na temporada. Sem dúvida, o evento vai marcar história", afirma Eduardo Musa, presidente da Confederação Brasileira de Skate.

De acordo com os critérios da World Skate, os campeões do evento somarão 80.000 pontos cada. Em comparação, os campeões das competições como Pro Tour somam 60.000, enquanto os 1ºs colocados nos eventos Five Star somam 40.000 pontos cada. Portanto, os skatistas que conquistarem o título do Mundial no Brasil darão um passo muito importante rumo à classificação olímpica.

E os atletas melhores ranqueados após este Mundial de São Paulo estarão classificados diretamente para a fase semifinal, sem a necessidade de disputar as eliminatórias e as quartas de final, dos eventos da segunda janela.

Para definir os atletas que estarão classificados para os Jogos de Tóquio serão contabilizados os dois melhores resultados da primeira janela olímpica (jan/2019 a set/19) e os quatro melhores resultados da segunda janela (set/2019 a maio/20). 

"O skate brasileiro vive um momento muito legal. A gente já ocupa um espaço importante internacionalmente e agora estamos difundindo isso aqui no Brasil também. O Mundial é o campeonato mais importante de 2019 e é incrível poder viver isso aqui no meu país. Eu espero que muitas crianças possam ir até a pista, assistir pela televisão, se inspirar e acreditar que também podem viver do skate. Que seja mais uma oportunidade para que todo mundo conheça a verdadeira essência do skate. Essa é a nossa missão e o resto é colocar o skate no pé e se divertir", define Pedro Barros, vice-líder do ranking mundial, falando sobre a potência que acredita ser o impacto de um evento como esse no Brasil. 

"Vai ser demais competir nesse nível com todas as minhas amigas e ainda ser aqui no Brasil. A gente já conhece a pista, sem dúvida é uma das melhores, então nossas expectativas são ótimas. Vamos fazer de tudo pra representar não só a gente, como o Brasil nesse evento tão importante. Tenho certeza que a vibe desse Mundial vai ser inesquecível", comemorou Yndiara Asp, melhor brasileira colocada no ranking mundial feminino de Park.   

Além de ser a competição mais importante do ano para a modalidade, o Mundial de Skate Park também é uma competição estratégica para o Comitê Olímpico Brasileiro, que acredita muito na competência dos atletas brasileiros para a próxima Olimpíada.  

"A realização do Mundial de Park, competição mais importante da modalidade na primeira janela olímpica, coloca o Brasil como protagonista do skate aos olhos do mundo. O skate é uma modalidade estratégica para o Comitê Olímpico do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, pois sabemos do potencial dos atletas e da capacidade da Confederação Brasileira de Skate", diz o diretor geral do Comitê Olímpico do Brasil, Rogério Sampaio.

O World Skate Park Skateboarding World Championships é apresentado pela Oi e conta com a parceria da plataforma Skate Total Urbe.  O evento também possui o apoio da TNT Energy Drink, do Governo do Estado de São Paulo, da Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo e do Comitê Olímpico do Brasil (COB), além da parceria com o Hotel Go Inn São Paulo Jaguaré. A realização do evento é da Confederação Brasileira de Skate (CBSk) com a Rio de Negócios.

A OI E O ESPORTE

A Oi acredita no potencial de transformação do esporte e patrocina grandes eventos esportivos como o Oi STU Open, Oi Rio Pro, Oi Pro Júnior – voltado para a categoria de base do surfe. Apoia também atletas de diferentes modalidades, como os skatistas Pedro Barros e Leticia Bufoni, e os surfistas Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Filipe Toledo, Silvana Lima, Adriano de Souza, Tatiana Weston-Webb, Davizinho e Tainá Hinckel. Em 2018, a companhia acelerou, em parceria com o Instituto Ekloos e apoio do Oi Futuro, 5 projetos de surfe na Região dos Lagos, voltados para a população local. Também patrocina a equipe de judô Oi Sogipa, no Rio Grande do Sul.

A companhia também valoriza a cultura Geek e os eSports, apoiando eventos como a Game XP, CCXP, o Prêmio eSports e o projeto Afrogames, uma escola de games voltada para crianças de comunidades, em Vigário Geral (RJ), além de investir e incentivar plataformas digitais como o Final Level. A Oi aposta no eSport amador, patrocinando dois torneios nacionais de games: o TUES (Torneio Universitário de e-Sports), maior competição de esportes eletrônicos entre organizações universitárias do país, e o JEE (Jogos Escolares Eletrônicos) , campeonato on-line de e-Sports para estudantes entre 15 e 17 anos.

Sobre a World Skate

A World Skate, fundada em 1924 na Suíça, promove o desenvolvimento global do skate e dos esportes de patinação. Providenciando uma plataforma moderna para o gerenciamento de todas as modalidades, a entidade apoia a autonomia e promove a autenticidade em sua governança. Atualmente, a World Skate reconhece 124 Federações Nacionais. Para maiores informações, por favor visite o site: www.worldskate.org  

Sobre a Confederação Brasileira de Skate (CBSk)

Criada para encarar os desafios futuros do skate a partir do Século XXI, a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) é responsável pela regulamentação e gestão do esporte no Brasil. Fundada em 6 de março de 1999, a entidade comemora 20 anos de crescimento e amadurecimento, ajudando e unindo gerações, com muito esforço e orgulho, através das 4 rodinhas.

Sobre a Plataforma STU

A plataforma STU celebra a essência do skate, promovendo as principais competições de Street e Park da América Latina e do mundo, com os maiores nomes da atualidade, estimulando o desenvolvimento de cenas nacionais da cultura urbana, e gerando um impacto socioeconômico positivo e transformador por todo o Brasil, através de ações de inclusão social e construção e reformas de pistas de skate. 

A plataforma, que teve início de maneira grandiosa em 2017, explodiu em 2018 com a consolidação do circuito brasileiro de skate e a formação da Seleção Brasileira de 2019, válido como ranking da CBSk. Um marco na história do esporte, potencializando esse novo momento rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

Muito mais que esporte, o STU acredita que o skate é rua, é música, é arte e estilo de vida. O skate junta, conecta e impulsiona as pessoas. O conceito da plataforma STU é de valorização das mais diversas manifestações urbanas regionais, para garantir ainda mais visibilidade à cena da cultura local, encontrada nas cidades por onde os eventos passam. 

Nesse ano, a plataforma ficou ainda mais consistente com a chancela dos eventos também pela World Skate, trazendo ainda mais protagonismo para o Brasil, com competições importantes e de alta pontuação para a corrida olímpica.


Yndiara Asp - Crédito: Julio Detefon


apoios