Chapa “Skate para Todos” é eleita em pleito histórico da CBSk


Crédito: Julio Detefon Publicada em: 14/11/2020

Em uma eleição histórica para a Confederação Brasileira de Skate (CBSk), a chapa “Skate para Todos”, representada pelo atual presidente Eduardo Musa e por Eduardo Dias (vice), foi eleita com maioria de votos (23) para trabalhar pelo skate nacional no quadriênio 2021-2024. Pela primeira vez nos 21 anos da entidade, os próprios skatistas formaram a maioria do Colégio Eleitoral (15 dos 29 votos). 

Também de forma inédita, mais de uma chapa concorreu à eleição. A “Skate é Mais”, representada por Rodil Junior (presidente) e Jason Alexander (vice), recebeu 6 votos.

O pleito ainda elegeu Claudinei Bio (25 votos), Warleiton Leitão (23 votos) e Renner Souza (21 votos) para o Conselho Fiscal, com Mario Hermani (10 votos) como suplente.

“Estou muito feliz. Não é uma conquista minha. É uma conquista de um grupo de trabalho, com um projeto sólido, com a intenção de desenvolvimento e fomento do skate nacional, que nos últimos 3 anos deu um pulo grande com a entrada no programa olímpico. Com a visibilidade e um pouco mais de recursos, a Confederação conseguiu se desenvolver. Então, me sinto muito orgulhoso principalmente porque é uma mostra da aprovação do mundo do skate no nosso trabalho”, afirma Eduardo Musa, que, em outubro de 2017, assumiu a vice-presidência da entidade - Bob Burnquist como presidente - e, desde junho de 2019, estava à frente da CBSk.

“Participar desse pleito foi emocionante. Coração a mil. Tensão. Felicidade. E agora alegria pela vitória. A ideia é trabalhar mais pelo skate. Criar novos braços dentro da CBSk. Alcançar as minorias. Enfim, vem muitos desafios aí pela frente”, destaca Eduardo Dias, skatista e empresário que vem fomentando o desenvolvimento do segmento por 3 décadas.

Desde maio, Eduardo Dias ocupava lugar no Conselho Consultivo de Gestão da CBSk, órgão que auxilia a diretoria da Confederação na tomada de decisões estratégicas da entidade.

A votação foi transmitida ao vivo pelos canais oficiais da CBSk no Facebook (@cbskoficial - https://bit.ly/3ltOiMM) e Youtube (Skate Brasil - https://youtu.be/NHqFXRV9UXw).

Votação
Antes do início do pleito, a Comissão Eleitoral explicou todo o procedimento para o Colégio Eleitoral e esclareceu as dúvidas dos presentes.

A eleição começou com a votação para o Conselho Fiscal - cada eleitor votou em 3 dos 4 candidatos. Os representantes dos skatistas profissionais votaram primeiro e, na sequência, os representantes das entidades filiadas à CBSk exerceram o voto.

A votação para presidente e vice aconteceu logo em seguida também com essa ordem de votação.

“Essa eleição é sem dúvida nenhuma um momento histórico para o skate brasileiro. É a primeira eleição da Confederação Brasileira de Skate onde acontece uma disputa com duas chapas. Esse processo foi muito importante não só historicamente, por ser a primeira vez de duas chapas, mas também por envolver todas as Federações, que tiveram que se atualizar para poder participar desse processo. Então, o significado dessa eleição é muito grande. A gente espera que o skate brasileiro siga evoluindo ainda mais”, completa Régis Lannig, presidente da Federação Gaúcha de Skate (FGSKT).

Prevenção à COVID-19
A CBSk adotou todas as medidas indicadas pelas autoridades médicas na prevenção à Covid-19, com medição de temperatura, disponibilização de álcool gel e, respeitando o distanciamento social, cadeira demarcada para todos os integrantes do Colégio Eleitoral dentro da sala de votação.

Colégio Eleitoral
O Colégio Eleitoral foi formado da seguinte forma:

- 1 voto por representante dos skatistas profissionais, para cada Federação e Associação – 14 no total;

- 1 voto da Comissão das Modalidades – apresentado pelo representante dos Comitês de Atletas – 1 no total;

 - 1 voto por Federação e Associação filiada à CBSk – 14 no total.

Eleição dos representantes dos skatistas profissionais
Para poderem participar do processo eleitoral, os skatistas profissionais de todo o Brasil realizaram o recadastramento junto à CBSk até 20 de outubro pelo www.filiadocbsk.com.br.

Todo skatista recadastrado se credenciou a votar e a ser votado por seus pares de Federação ou Associação. Coube ao próprio skatista profissional compartilhar junto aos demais que estava disposto a ser eleito - votação aconteceu de 23 a 30 de outubro pelo www.filiadocbsk.com.br.

Assim, em cada localidade com Federação ou Associação regular filiada à CBSk, os próprios skatistas profissionais elegeram entre seus pares o nome que os representaria na eleição.


Dora Varella - Crédito: Julio Detefon Régis Lannig - Crédito: Julio Detefon Eduardo Musa e Eduardo Dias - Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon Crédito: Julio Detefon


apoios