FILIADOS - ENTRAR

Brasileiros brilham com dois ouros e duas pratas nos Jogos Sul-Americanos de Downhill Speed e Street Sled


Publicada em: 01/06/2022

Os atletas brasileiros conquistaram dois ouros e duas pratas entre as modalidades Downhill Speed e Street Sled nos Jogos Sul-Americanos de Esportes Sobre Rodas. O evento aconteceu na última semana, entre quinta e domingo (26 a 29), na ladeira de Punta Negra, em San Juan (Argentina), e ainda contou com disputas de Street Luge. Um total de 17 brasileiros participaram das disputas. A quinta e a sexta-feira foram de reconhecimento de pista. No sábado aconteceram as tomadas de tempo para classificação e formação das baterias do domingo.

Os atletas brasileiros estiveram entre os principais destaques da competição. No Downhill Speed feminino, a grande vencedora foi Vitória Mallmann. O pódio da modalidade ainda teve as argentinas Clara Rijavec (2ª) e Antonella Perdigues (3ª). E nas tomadas de tempo as brasileiras Anna Ohata (5ª) e Valéria Ribeiro (7ª) também representaram.

“O evento foi incrível, com estrutura, segurança e muito profissionalismo. Transmissão ao vivo, com câmeras em todo o circuito. A competição foi acirrada com tantas competidoras de alto nível, fico muito feliz por levar o Brasil ao lugar mais alto do pódio. Estamos com a vaga garantida para o mundial em novembro!”, comemora Vitória Mallmann.

No Downhill Speed masculino, Yan Bertinati ficou com a prata e Bernardo Brambila fechou as disputas na quarta posição; o vencedor foi o argentino Santiago Gonzales e o também argentino Nicolás Waiman ficou com o terceiro lugar.

“O vice-campeonato Sul-Americano pra mim foi uma grande vitória após esses dois anos sem competir internacionalmente. É a terceira vez que bato na trave e isso só aumenta o sentimento de alcançar esse título em breve. O nível dos atletas de Downhill Speed latino-americanos cresceu muito nesses últimos anos e esse campeonato mostrou isso. Desde as oitavas de final tiveram baterias acirradas da largada à linha de chegada e isso é incrível. Foi um dos melhores eventos já feitos na América do Sul, com uma estrutura semelhante ao do mundial WRG Barcelona 2019”, comenta Yan Bertinati.

“Com essa segunda colocação garanto minha vaga na seleção brasileira pro World Skate Games na Argentina, novembro desse ano. O evento mundial vai ocorrer na mesma ladeira pro Downhill. Com certeza até lá formaremos uma seleção forte pra representar e trazer esse caneco pra casa!”, completa o skatista.

No Downhill Speed masculino, o skate brasileiro ainda foi representado por Daniel Lara (5º), Bruno Bolinelli (7º) e nas tomadas de tempo William Rubim (5°), Evandro Dorneles (9º) e Pedro Miranda (10º), além de Silon Garcia (22º), Fael Sabella (33º) e Marcos Araújo (41º).

No Street Sled, o pódio foi quase todo brasileiro, com as duas primeiras colocações para Leonardo Miranda (1º) e Vili Nickel (2º), o quarto lugar para Cezar Lugnani e o quinto para Carlos Spengler, mostrando a força do país na modalidade. O argentino Nicolás Meza ficou com a terceira colocação.

“Foi incrível, nunca havia participado de um evento com uma estrutura tão grande, no domingo havia até um helicóptero para emergências. A pista é fantástica, asfalto perfeito, com um trecho de três curvas muito fechadas, bastante técnicas, seguido de uma sequência de esses muito rápidos onde os sleds chegavam próximo dos 100 km/h terminando numa freada forte para a última curva”, comenta o campeão Leonardo Miranda. 

“Quanto ao campeonato, foi muito disputado, desde o reconhecimento de pista todo mundo andando forte e se divertindo pra valer, apesar da temperatura próxima de zero em todos os dias do champ. No qualify de sábado consegui meu melhor tempo logo na primeira tentativa, pois o vento atrapalhou um pouco as duas outras duas voltas, que me garantiu a primeira posição entre os sleds e o quarto dentre os 90 atletas de todas as modalidades. No domingo consegui passar para a final numa disputa muito legal com o Cezar Lugnani, também brasileiro, e nesta, sabendo da dificuldade de se ultrapassar na pista, arrisquei tudo na largada pra fazer a primeira curva na frente, o que acabou dando certo, aí foi fazer o restante do percurso da forma mais redonda possível até a vitória! Na classificação final conseguimos colocar os 4 brasileiros entre os 5 mais rápidos, com a segunda posição do Vili Nickel, o quarto do Cezar e o quinto do Carlos Spengler, agora é treinar e correr atrás de apoio para os World Roller Games que acontecerão na Argentina mesmo!”, completa o primeiro colocado no Street Sled.


Pódio Downhill Speed Masculino - Foto: Divulgação Jogos Sul-Americanos Sobre Rodas Street Sled - Cezar Lugnani, Vili Nickel, Carlos Spengler e Leonardo Miranda - Foto: Divulgação Jogos Sul-Americanos Sobre Rodas Downhill Speed - Yan Bertinati, Bernardo Brambila e Willian Rubim - Foto: Divulgação Jogos Sul-Americanos Sobre Rodas Downhill Speed - Vitória Mallmann - Foto: Divulgação Jogos Sul-Americanos Sobre Rodas Street Sled - Carlos Spengler - Foto: Divulgação Jogos Sul-Americanos Sobre Rodas Street Sled - Leonardo Miranda - Foto: Divulgação Jogos Sul-Americanos Sobre Rodas Downhill Speed - Evandro Dorneles  - Foto: Divulgação Jogos Sul-Americanos Sobre Rodas Downhill Speed - Yan Bertinati - Foto: Divulgação Jogos Sul-Americanos Sobre Rodas


apoios