Brasil é país com mais skatistas “virtuais” no World Cyber Slalom Challenge 2020


Crédito: James Thisted Publicada em: 24/06/2020

Uma das modalidades que remete aos primórdios do skate, o Slalom inovou no último final de semana e celebrou o Go Skateboarding Day com a disputa virtual do World Cyber Slalom Challenge 2020. Dos 11 países participantes, o Brasil foi o que contou com mais skatistas: 18 de um total de 148 ao redor do mundo. Cesinha Lutfi (49º), Thiago Gardenal (57º) e Bruno de Oliveira (75º) foram os brasileiros mais bem colocados no ranking da categoria Open. O “pódio” do evento na Open e Profissional ficou com o russo Anton Nikulin (1º), o alemão Christoph Baumann (2º) e o francês Vincent Tanguy (3º).

Por conta das restrições impostas pela Covid-19, a International Slalom Skateboarding Association (ISSA) adaptou o formato do evento válido pelo ranking mundial. A tomada de tempo dos competidores foi realizada por vídeo, a partir do protocolo de diretrizes da ISSA. Os dados foram computados pela entidade, que divulgou a classificação geral nesta segunda-feira (23).

Além do Brasil, também participaram skatistas da Alemanha, Austrália, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Itália, França, Inglaterra, Japão, Rússia e Suécia. As categorias em disputa foram Open, Profissional, Amador, Master (+45), Grand Master (+55), Feminina, Feminina Master (+45), Feminina Grand Master (+55), Junior (-17 – geral para meninos e meninas), Junior Feminina (-17), Teen (-14 – geral), Teen Feminina (-14), Kid (-11 – geral) e Kid Feminina (-11).

“Esse ano teríamos no mês de agosto na Suécia a realização do Mundial Major de Slalom. Por conta da Covid, esse evento foi cancelado. Então a ISSA decidiu entrar com uma proposta diferente, realizar o Slalom virtual. Esse Slalom virtual é baseado em um cyber Slalom, que uma outra entidade de skate, a Northern California Downhill Skateboarding Association, desenvolveu há alguns anos e a gente resolveu adotar esse critério para a prova. Uma cronometragem séria, auditada, onde todos se responsabilizam pelos dados que estão enviando. O cyber Slalom tem essa pegada: ser honesto”, explica Rogerio Sammy, competidor e representante da ISSA na América do Sul.

Confira a classificação dos brasileiros no ranking mundial da categoria Open!

49º - Cesinha Lutfi

57º - Thiago Gardenal

75º - Bruno de Oliveira

83º - Marcos Defferrari

84º - José Manoel Fernandes

85º - Rogério Antigo

91º - Rogerio Sammy

95º - Eduardo Fujihara

97º - Fernando Yanaguita

98º - Marcelo de Pontes Attene

100º - Cristiano Indinho

109º - André Gomes

111º - Roberto Maçaneiro

112º - Fernando Soares de Camargo Filho

116º - Orestes Matias de Oliveira

117º - Carlos Alberto Sales

131º - Fábio Dery

132º - Carlito Lopes

Mais informações e classificação de todas as categorias no site da ISSA. Clique aqui!


Crédito: James Thisted Crédito: James Thisted


apoios